ORTODONTIA

OUTROS TIPOS DE APARELHOS DENTÁRIOS

Aparelhos odontológicos móveis funcionais

Estes aparelhos agem com o objetivo de inibir, estimular ou direcionar o posicionamento e ou o crescimento da maxila ou da mandíbula. Sendo assim, são mais indicados para crianças e adolescentes que ainda apresentam um potencial de crescimento. Esses tipos de aparelhos são frequentemente utilizados em pacientes que apresentam a arcada inferior recuada em relação à arcada superior, ou têm problemas de mordida aberta (os dentes da frente não mordem). O aparelho funcional é confeccionado de forma individualizada, de forma a promover alterações do crescimento.

Aparelhos odontológicos extra bucal

O aparelho extra bucal é um aparelho removível, utilizado em crianças, que controla o crescimento da arcada superior e o movimento dos dentes superiores para trás, no caso de eles estarem posicionados muito para frente. Ele é composto por um arco facial externo e uma cinta de nylon que é apoiada na cabeça ou atrás do pescoço. O aparelho extra bucal é útil em muitos casos e pode criar espaço para os dentes apinhados, ajudando a evitar a necessidade de remoção dos dentes permanentes.

Aparelho fixo ortopédico – expansor

O aparelho odontológico fixo ortopédico é utilizado em pacientes que apresentam a arcada superior estreita ou uma mordida cruzada posterior. A sua ativação ocorre de forma gradual, através de um expansor localizado no centro do aparelho. A expansão tem como objetivo um aumento da quantidade de osso, resultando em um aumento da largura da arcada superior.

 

Máscara facial

A máscara facial é um aparelho removível que pode ser utilizado em pacientes em crescimento e que apresentam a arcada superior mais recuada, comparada à arcada inferior, e uma mordida cruzada anterior. Esse tipo de aparelho promove uma tração para frente da arcada superior. Ele é composto por um aparelho fixo ortopédico com ganchos que se ligam com elásticos a uma haste metálica que é apoiada na região do mento e da testa.

 

Aparelho fixo de propulsão mandibular

Este aparelho fixo ortopédico é indicado nos casos de subdesenvolvimento da mandíbula. A sua ação é de posicionar a arcada inferior em uma posição mais à frente do que quando ela está em repouso. O seu mecanismo de ação é similar ao do aparelho móvel funcional, porém de forma fixa. Ele é composto por duas hastes tipo amortecedor, fixado aos molares superiores e inferiores que, ao abrirem e fecharem promovem um movimento de deslocamento anterior da mandíbula.

Mini-implante ortodôntico

Os mini-implantes ortodônticos são dispositivos derivados dos implantes dentários convencionais, porém são menores e não fixam de forma definitiva no osso. Estes mini parafusos, também conhecidos como ancoragem esquelética ou dispositivo de ancoragem temporária, são fixados no osso, proporcionando maior liberdade à técnica ortodôntica e auxiliando nos movimentos de fechamento de espaços, correção de linha média, correção da mordida aberta anterior, entre outras funções. O uso do mini-implante possibilita maiores movimentos com menores efeitos adversos.

Aparelho de contenção

O aparelho de contenção é usado ​​após o término do tratamento e tem como objetivo manter os dentes na posição final do tratamento. Eles são normalmente feitos de acrílico transparente e incolor, podendo ter um fio de metal que repousa sobre a superfície exterior dos dentes ou não. Este tipo de aparelho pode ser fixo ou removível, e é essencial para manter a posição dos dentes alcançada.